quarta-feira, 28 de maio de 2008

"Falling" - by D'Influence

..
Veja isso, minha filha!

- Minha filha, chegue aqui, meu bem, venha ver que cantora linda... ouça como ela canta bem!.. parece com você.... olhe o blackão dela...
louco, lindão! hein!? parece o teu, não é?
só que você é muito mais linda... claro que é...
pra mim, é!?
teu cabelo é lindo igual o dela... e você pode ser uma cantora também, sabia? você canta tão bem, apesar de tão novinha!
olhe que rosto maravilhoso, veja como a iluminação valoriza os traços dela...
veja bem: que sentimento!...
ela parece sentir profundamente o que canta...
você percebe, meu amor?
a arte tem sido isso para nós: expressão de nossos sentimentos mais puros!!
mais que isso: a arte nos confedera!
é também uma forma de resistirmos!!
a que?
a tudo que queira dizer que não somos bons, possíveis!
ouça que voz suave...
tá vendo como nós não somos apenas o que dizem por aí...
eu não te digo sempre?...
não estamos só nos lugares que mostram esses jornais "deles"...
que insistem em nos mostrar sempre tristes, zangados, famintos, chorando, maltrapilhos.
que nada, estamos cheios de vida e vontade de sorrir.
ô, meu amor, vá lá buscar sua irmã, para ver isso...
chame tua mãe também...
enquanto isso, vou colocando o clipe aqui na nossa Gramática...
para que os guerreiros que nos lêem tenham, também, uma porção de brisa fresca neste deserto árido que atravessamos...
...
- filhinha, lembra quando lhe falei do poeta Agostinho Neto?
...poesia no campo de batalha...


Falling - By D'Influence




Filhinha (trecho)
do livro Gramática da Ira

suas pernas crescem seus braços crescem seus cabelos crescem
sua curiosidade cresce
o seu cabelo cresce e não nega a raça de quem nasceu para ser
a deusa do ébano
o seu cabelo cresce e não nega a graça de quem saberá ser
a muzenbela
o seu cabelo cresce e não passa de graça pelo olhar da cidade adversa

3 comentários:

Anônimo disse...

Oh meu rei! desculpa ter invadido seu espaço aqui, mas é que eu fiquei tão injuriado com isso que acabei nem pedindo licença!
Foi mal mesmo!
É q tem uma coisa eu gosto muito desse Sérgio Vaz, Ferréz e Alessandro Buzo e se alguém mexe com eles eu não respondo por mim sabe como é né meu bom?

Abraços guerreiro bom

Robson Canto (hoje um pouco mais calma)

Anônimo disse...

Valeu, Robson,
tamo junto, irmão!
Meu respeito por você!!

Nelson Maca

[denise abramo] disse...

me emocionei com o seu comentário no meu blog, e agora novamente com esse post.

linda filha.

forçaê, guerreiro!
::