segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Blackitude + Zumbi: Estratégia Quilombola

.


Conexão Haiti, Canadá e Salvador

Os haitianos Vox Sambou e Diegal, do grupo de rap canadense Nomadic Massive , fazem primeira apresentação em Salvador domingo, a partir das 15h, no Icba.

Também participam de bate-papo e visita comunidades.

Inglês, francês, espanhol, creoule e português. O evento Blackitude + Zumbi: Estratégia Quilombola, vai unir o hip hop baiano ao dos haitianos Vox Sambou e Diegal – ambos radicados no Canadá - para mostrar que quando a questão é música e identidade negra o que menos importa é o sotaque. A história dos visitantes é a prova disso.

Integrantes do grupo de rap multiétnico Nomadic Massive, que cruza a influência de várias culturas, a dupla vem pela primeira vez a Salvador para uma série de atividades, que terão o ponto alto num encontro pelo projeto Remix-se, neste domingo (23/11), a partir das 15h no Pátio do ICBA (Corredor da Vitória) , com ingressos a R$3.

.

Coordenada pelo coletivo Blackitude: Vozes Negras da Bahia, a evento junta-se ao debate e à festa do Mês da Consciência Negra.

A idéia é levar uma pequena mostra do universo do hip hop ao local com discotecagem (DJ Joe), break (Independentes de Rua), graffiti (Neuro, Lee27, Tito Lama, Bigod) e rap. Os shows ficam por conta dos grupos baianos Afrogueto, Daganja + Versus2, RBF e Opanijé; e dos convidados Vox Sambou e Diegal, que se apresentam acompanhados do DJ baiano Bandido.

Em sua passagem de três dias pela capital baiana, os músicos vão somar mais experiência de nômades culturais e musicais, como definem o trabalho do Nomadic Massive, que no total tem onze integrantes com origens tão distintas quando a haitiana, a árabe e a chinesa.

A programação deles começa no sábado (22/11) no evento Poesia Negra CoMvida, às 18h, no Quilombo – Passo 37 (Pelourinho), onde poderão trocar idéias com a platéia, com mediação pela jornalista e produtora paulista Liliane Braga. O bate-papo será seguido de recital com os visitantes e com os poetas Giovane Sobrevivente e Nelson Maca.

.
Na segunda (24/11), eles visitam três importantes projetos/instituições: Bloco Afro Ókánbi (Engenho Velho de Brotas, 10h), Terreiro Ilê Axé Oxumaré (Vasco da Gama, 14h) e Fundação Pierre Verger (Eng. Velho de Brotas, 17h).

O projeto Blakitude + Zumbi – Estratégia Quilombola inclui, ainda, a audição coletiva do cd Entre Versos e Prosas, do rapper soteropolitano Daganja, sexta-feira, às 19h, no Quilombo - Passo 37, uma atividade coordenada pelo grupo Positivoz. No domingo, o CD será vendido por R$7 durante o evento do Icba.

Assessoria de Imprensa: Ana Cristina Pereira (9176-5755)
Mais Informações: nelsonmaka@gmail.com


Programação


Sexta-Feira (21.11)

.

Audição do Cd Entre Versos e Prosas de
Daganja


Local: Quilombo (Rua do Passo, 37 – Pelourinho), às 19h
Coordenação: Positivoz
http://www.positivoz.com/ / boss@positivoz.com


Sábado (22/11)

.

Poesia Negra CoMvida

-Vídeo: O que se passa no Haiti?- Kevin Pina (2007)
- Bate-Papo-Entrevista : com Liliane Braga (SP), Vox Sambou e Diegal (Haiti)
Debatedores: Robson Véio, Fábio Mandingo e Sueide Kintê
-Recital Poético com: Giovane Sobrevivente e Nelson Maca
Local: Quilombo (Rua do Passo, 37 – Pelourinho), às 18h
Entrada: 1 livro (Opcional)
Coordenação: Quilombo –
Passo 37 http://www.quilombo37.blogspot.com/ / quilobocecilia@ig.com.br


Domingo (23/11)

.
Projeto Remix-se:
Blackitude + Zumbi : Estratégia Quilombola


DJ: Joe e Bandido
Break: Grupo Independente de Rua
Graffiti: Neuro, Lee27, Tito Lama, Bigod
Rap: Afrogueto, DaGanja + Versu2, Opanijé, RBF
e Vox Sambou & Diegal (Haiti)
Local: Pátio do ICBA - Corredor da Vitória
Horário: a partir das 15h , R$ 3,00 (ingressos limitados)
Coordenação - Blackitude: Vozes Negras da Bahia
blackitude@gmail.com

.

Ainda no domingo:
*Pré-lançamento do cd Entre Versos e Prosas de Daganja (R$ 7,00)* Estande com cds, livros, zines e camisetas


Segunda Feira ( 24/11)

Rolê com Blackitude, Vox Sambou e Diegal na
Comunidade


Bloco Afro Ókánbí (Engenho Velho de Brotas - 10h)
Terreiro Ilê Axé Oxumare (Vasco da Gama, 14 h)
Fundação Pierre Verger (Engenho Velho de Brotas, 17h)

.........................................

“Caravanas a caminho de Palmares se cruzavam na trilha,
se juntavam e seguiam lado a lado.
Ai de quem se metesse a tentar impedi-los de seguir em sua caminhada...
Eram varridos como ciscos incômodos e mal quistos!”

...........................................

Nas fotos são:
1- Vox Sambou (Haiti)
2- Diegal (Haiti)
3- Daganja (Bahia)
4- Liliane Braga (São Paulo)
5- Thina (Bahia)
6-Opanijé (Bahia)

Arte do Panfleto: Penga - Blackitude.Ba
Texto do Release: Ana Cristina Pereira - Blackitude.Ba

..........................................

Nelson Maca - Blackitude.Ba
Botando Mó Fé Na Nossa Quilombage!!

.

4 comentários:

r.c. disse...

Salve, Nêgo.
Tô aguardando o endereço para enviar os livros, firma?
Abraço

Walter Limonada disse...

1 grandioso Lemon-Abraço, brother !!!!

ricardo disse...

Big Maca my friend! Que caminhos loucos da web, vim chegar por aqui procurando imagem de cabelo!!!

www.myspace.com/aparelhosmultiuso

esse é um dos projetos no passo, o primeiro que deu frutos, recém-chegado do estúdio em transe.
Tem outro já com muitas músicas, eu e nelson morais (eu e ele zambos) grooves, mas com problemas pra arranjar drum&bassman pra dar vida as bases!

this is it, grande abraço
Castelo

[denise abramo] disse...

.
.
.
eita! que vontade de passar o feriado de zumbi aí nessa bahia preta, de todos os santos e orixás... ei maca! escreve aê sobre como foi a correria! e os debates? e o haiti?

um abraço e muito axé.

::
denise- sp